Clínica de Saúde da Mulher é inaugurada no Hospital Universitário de Canoas

A partir desta quinta-feira (22), Canoas passa a contar com uma Clínica de Saúde da Mulher. O local irá fornecer pronto atendimento ginecológico e obstétrico, além de salas para realização de partos e atendimento especializado para mulheres vítimas de violência. Instalada no 5º andar do Hospital Universitário (HU), a Clínica de Saúde da Mulher, que terá 57 leitos, irá funcionar todos os dias da semana, 24 horas. O Hospital fica na avenida Farroupilha, nº 8001, bairro São José.

No local, serão atendidas gestantes de alto risco ou que necessitem de avaliação especializada, referenciadas pela rede de saúde, além de mulheres com patologias relacionadas à ginecologia. Com 2.234 m², a Clínica irá oferecer cuidado multiprofissional e estruturado adequado às usuárias do Sistema Único de Saúde (SUS), de Canoas e cidades referenciadas. A clínica terá duas salas de cesárea, duas salas de parto normal, sala de curetagem, sala pós-parto e duas salas de pré-parto. Além disso, no ambulatório há dois consultórios, salas de observação e medicação. A Clínica também contará com a Sala Lilás, que atende mulheres vítimas de violência.

Para receber a Clínica de Saúde da Mulher, a Prefeitura de Canoas realizou investimento superior a R$ 4 milhões, em reforma e compra de equipamentos. “Esse era um sonho que tínhamos. Disponibilizar um espaço moderno, confortável e com padrão de hospitais particulares, para dar atenção às mulheres que precisam de atendimento. É uma conquista histórica para nossa cidade”, comemorou o prefeito Luiz Carlos Busato, na cerimônia de inauguração da Clínica.

Já o presidente de Câmara de Vereadores de Canoas, Cezar Mossini, elogiou a Prefeitura pela abertura da clínica. “A entrega dessa obra à comunidade é graças à competência da atual gestão, que, ao poucos, vem trazendo grandes melhorias para nossa cidade”, disse.

A clínica de Saúde da Mulher irá prestar acolhimento multidisciplinar por profissionais capacitados, realizará exames laboratoriais, testes rápidos para diagnóstico de Sífilis, hepatite B, hepatite C e HIV, em casos de violência, também será ofertada a profilaxia das IST/HIV.

Você pode gostar...