EXPOINTER: Cozinha Demonstrativa ensina receitas nutritivas para melhor aproveitar alimentos

Com receitas simples utilizando alimentos da horta de casa ou produtos comercializados no Pavilhão da Agricultura Familiar, durante a 40ª Expointer,  a Cozinha Demonstrativa da Emater/RS atrai o público com o propósito de produzir comida de verdade, nutritiva e saborosa. São duas receitas ensinadas e colocadas para degustação nos períodos da manhã (às 10h e 11h) e da tarde (às 14h e 15h), no novo espaço da instituição (nº 2 do mapa oficial). As oficinas ocorrem diariamente até o dia 3 de setembro, último dia do evento no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio.

Nesta edição, os alimentos mais utilizados são abacaxi, açafrão, gengibre, legumes, mandioca, mel e tempero verde, cada um com suas propriedades benéficas à saúde de quem os consome. Todos são classificados e certificados pela Emater, conveniada à Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR).

A coordenadora da Cozinha Demonstrativa, nutricionista e extensionista rural da Emater, Leila Ghizzoni, explica que as diferentes formas de preparo têm o propósito de aproveitamento integral dos alimentos, sendo retirados diretamente da horta dos visitantes ou adquiridos nos estandes de produtores da agricultura familiar.

“O interessante é a mistura dos ingredientes e o aproveitamento dessa diversidade. O bolo de legumes, que é sem glúten, chama muito a atenção do público porque é feito com farinha de arroz. Enquanto a maioria das pessoas utiliza costumeiramente a farinha de trigo, estamos mostrando que temos como aproveitar um alimento diferente”, esclarece.

Conforme Leila, as receitas reproduzidas são resgatadas do programa da Emater e outras são experimentadas por ela. Contando a coordenadora, são sete extensionistas rurais sociais da regional de Porto Alegre trabalhando na cozinha e atendendo ao público.

“Uma das receitas novas que fazem sucesso é o suco amarelo refrescante, que contém abacaxi e açafrão. Ele tem propriedades nutritivas e é um ativador do metabolismo”, conta. “O açafrão é uma raiz que muitas vezes temos na horta, assim como o gengibre, mas que não temos a noção de que podemos utilizá-los em outras receitas que não sejam somente chás”, acrescenta.

Lazer junto da natureza

Com temáticas como gestão e sustentabilidade na agricultura, equinocultura, conservação de solos, apicultura e turismo rural, o espaço da Emater/RS é uma boa demonstração dos programas e atividades realizados nas regionais espalhadas pelo estado.

“Muitas das atividades executadas no campo estão aqui retratadas. Temos em torno de 12 temáticas. Um dos destaques é a área dedicada à equinocultura. Na última edição, alcançamos um bom número de visitantes, mas para este ano temos a percepção de que vamos ter recorde de público”, constata o gerente regional de Porto Alegre, Air Nunes dos Santos.

Segundo Nunes dos Santos, os atrativos são a boa apresentação do local e o ambiente natural. “O público se sente muito atraído porque além da área temática, tem a área da convivência, que é muito diferente dos outros lugares dentro do parque. As pessoas chegam, descansam e se sentem junto da natureza”, conclui.

A porto-alegrense Jurema Semoneto, de 64 anos, costuma frequentar a área da Emater em todas as edições que vem à feira. “Me sinto atraída por essa possibilidade de produzir alimentos em casa e aqui a gente tem mais contato com isso”, conta Jurema, que provou e aprovou as balas de gengibre.

Como fazer suco amarelo refrescante

Receita por Leila Ghizzoni

Ingredientes:
5 fatias de abacaxi
1 pedaço pequeno de açafrão da terra (raiz) ou 1 colher (chá) de açafrão em pó
1 litro de água
1 colher de (sopa) de mel
Gelo (opcional)

Modo de preparo:
Lave e descasque o abacaxi. Coloque no liquidificador com o açafrão, a água e triture. Coloque uma jarra e misture o mel. Acrescente gelo se preferir.

Tempo de preparo: 15 minutos

Rendimento: 1 litro de suco

Sugestões: substituir o abacaxi por maçã ou laranja

Você pode gostar...