5 MOTOS MAIS BARATAS DE 2021: TRÊS MODELOS SÃO DA HONDA

Para fugir dos congestionamentos, para quem está começando a guiar motocicletas ou mesmo tem a habilitação da categoria e quer desembolsar menos do que com um carro, o Garagem 360 pesquisou as 5 motos mais baratas de 2021. Veja quais são. 
.
As 5 motos mais baratas de 2021
.
5 ª – Haojue Nex 115 – (R$ 9.990,00) – motos mais baratas

O modelo chinês tem câmbio semi-automático e espaço no banco para guardar objetos. Destaque para um bauleto de 26 litros, útil para acomodar mais itens. Por outro lado, consumidores não apreciam o freio a tambor.

4 ª – Yamaha Neo 125 – (R$ 9.890,00)

A Neo Yamaha possui freios a disco, é leve e equipada com motor de 9,8 cv, além de câmbio automático. Já o designer é considerado o mais moderno e arrojado entre as mais baratas. Por fim, sob o banco, espaço para acomodar alguns itens.

3 ª – Honda Elite – (R$ 9.280,00) 

Modelo de scooter da marca, que é um dos mais econômicos do segmento. Vem com espaço para capacete e para guardar mochilas. Além disso, é automática e apresenta freio a disco – o que é sinal de mais segurança no trânsito.

2 ª – Honda Biz 110 – (R$ 8.560,00)

Sempre repaginada a Honda Biz, no modelo 110, une economia com alguns benefícios. Por exemplo, compartimento para capacete e gancho para acomodar objetos. Realmente, é um modelo simples perto de outros, por prezar pela economia. E vale ressaltar que a moto tem tem câmbio semiautomático, assim, necessita da trocar  marchas. 

1 ª – Honda Pop 110i  (R$ 6.980,00) 

O modelo 0Km mais barato, tem designer simples, mas atual. A Honda Pop é um dos modelos mais indicados para quem quer economizar, mas circular com segurança. A moto não possui carenagens e é bastante leve. No entanto, não tem porta-objetos.

Mais 5 modelos econômicos a partir de R$ 9.990,0

  1. Haojue DK/Chopper 150
  2. Honda CG 160 Start
  3. Yamaha Factor 125
  4. Honda CG 160 Fan
  5. Yamaha Factor 150 ED

Motos econômicas

Obviamente, as motos mais baratas não podem ser comparadas com as “máquinas”. Assim, elas oferecem diversas vantagens, mas algumas limitações. De acordo com o engenheiro mecânico, Alessandro Paiva, confira os pontos positivos e outros nem tanto das motos baratas.

  • Economia no preço e com a manutenção;
  • Ocupam pouco espaço na garagem ou em vagas;
  • Geram menos poluição ao meio ambiente;
  • Possuem pouco espaço para transportar itens e objetos;
  • Motos baratas também, muitas vezes, têm câmbio semi-automático – o que pode ser desvantajoso para alguns motociclistas;
  • Menor desempenho;
  • Maior desvalorização na hora de vender.

Você pode gostar...