Badesul Cidades financia R$ 3 milhões para investimentos em São Leopoldo

O Badesul assinou, por meio do Programa Badesul Cidades, contrato com a prefeitura de São Leopoldo. O financiamento de R$ 3 milhões será destinado a obras de infraestrutura em 14 ruas dos bairros Campestre e Santo André com execução de drenagem pluvial, pavimentação com blocos de concreto (2.345 metros de extensão) e capeamento asfáltico (973 metros de extensão), beneficiando 9.120 moradores.

O valor total da obra será de R$ 3.635.000,00, sendo R$ 635.000,00 de contrapartida do município. O contrato foi assinado, nesta quinta-feira (23), pela presidente do Badesul, Susana Kakuta, e pelo prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi, com a presença do deputado estadual Tiago Simon, da diretora de Operações, Jeanette Lontra, da superintendente do Setor Público, Márcia Santana, entre outras autoridades. A presidente Susana Kakuta destacou a contribuição do Programa Badesul Cidades para o desenvolvimento do Rio Grande do Sul: “Os financiamentos disponíveis permitem investimentos essenciais aos municípios. Recursos que contribuem para o desenvolvimento das cidades, para a mobilidade e para melhoria da qualidade de vida da população”, explicou.

Badesul Cidades

O Badesul, agência de fomento do Estado, trabalha diariamente para apoiar o desenvolvimento de todas as regiões do Rio Grande do Sul. Pensando nisso, desenvolveu o Badesul Cidades – um programa que viabiliza aos municípios investimentos em infraestrutura urbana e rural, construção de pavilhões industriais, ginásios de esportes, centros administrativos, postos de saúde, escolas, creches, máquinas, equipamentos rodoviários e revitalização de praças. O programa já financiou, desde 2011, R$ 428 milhões para que 384 municípios investissem em projetos sociais e estruturais nas mais diversas regiões. Somente em 2017, 24 municípios foram contemplados com recursos do programa, totalizando R$ 32.924.613,00.

Acordo de Resultados

O Acordo de Resultados, assinado por todas as secretarias e vinculadas, consiste no acompanhamento dos projetos definidos como prioritários para serem executados pelo governo do Estado. Envolve o planejamento de indicadores de desempenho, ações e eficiência da gestão. Essa rede de governança prioriza as demandas da sociedade com o objetivo de construir um governo mais eficiente na aplicação de recursos, mais ágil e menos burocrático, que, de forma transparente, dialogue com a população e entregue serviços de qualidade.

Você pode gostar...