CANOAS, CACHOEIRINHA, NOVO HAMBURGO E VIAMÃO JÁ ADOTAM NOVO INTERVALO ENTRE DOSES: VEJA A LISTA DA REGIÃO METROPOLITANA

Anunciado nesta segunda-feira (12) pelo governo do Estado, a antecipação da segunda dose das vacinas  contra a covid-19 da Pfizer e de Oxford/AstraZeneca está em fase de adaptação nas prefeituras da Região Metropolitana. A maioria das cidades aguarda orientação da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) e a chegada de novas doses para por em prática o novo intervalo entre a primeira e segunda dose.  Quatro cidades — Canoas, Cachoeirinha, Novo Hamburgo e Viamão — já trabalham com novo intervalo entre as doses.

A diminuição no prazo tem como objetivo conter o avanço da variante Delta, originária da Índia e considerada mais contagiosa. A medida foi definida devido à suspeita de dois casos da cepa no Estado. A Secretaria Estadual de Saúde (SES) deve enviar nesta quarta-feira (14) mais vacinas contra covid-19 aos municípios para começar a antecipação da aplicação da segunda dose da AstraZeneca, imunizante que está estocado no Centro de Distribuição, em Porto Alegre. Quanto à segunda dose da Pfizer, é necessário aguardar novo carregamento, pois não há estoque.

Em Novo Hamburgo, no Vale do Sinos, o secretário municipal de Saúde, Naasom Luciano, explica que a cidade vacina contra a covid-19 nas unidades de saúde por agendamento. Quem já estiver completando entre 10 e 12 semanas de intervalo da primeira dose pode fazer o agendamento nas unidades:

— Novo Hamburgo já vinha aplicando a segunda dose em um intervalo entre 11º e 12º semanas, tanto para as vacinas Pfizer quanto AstraZeneca. Nos próximos dias, este intervalo será reduzido para 10 semanas nos drive-thrus e, nas próximas semanas, nas unidades de saúde (o prazo necessário para se chegar às 10 semanas de intervalo nas unidades de saúde é maior em razão dos agendamentos já realizados e que precisam ser cumpridos).

Alvorada

Não está, por enquanto, aplicando o prazo de 10  semanas pois aguarda resolução da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) sobre como proceder em relação a AstraZeneca. Afirma também que não tem doses no momento para antecipar o prazo. A prefeitura recebeu orientação da CIB de adiantar a segunda dose da Pfizer a partir do próximo lote, que ainda será recebido. As pessoas que aplicam primeira dose hoje estão sendo orientadas a retornar em 12 semanas.

Esteio

A Secretaria de Saúde de Esteio irá adotar o novo calendário de antecipação da segunda dose da vacina contra covid-19. No entanto, por haver cerca de 7 mil pessoas que já estão aptas a recebê-la, a secretaria está elaborando um cronograma de chamada e fará de forma parcial. Com isso, a população deverá aguardar o novo calendário de aplicação que será divulgado nos canais oficiais da prefeitura.  A previsão é de que as aplicações comecem nos próximos dias.

Canoas

Devido a antecipação, a prefeitura alterou o cronograma de aplicação da dose de reforço. Com isso, o mutirão previsto para atender as pessoas a partir de 61 anos que fizeram a 1ª dose da AstraZeneca até 17 de abril será realizado nesta quarta (14) — a data seria inicialmente na sexta-feira. No sábado (17), será a vez da população com 60 anos ou mais que se vacinou até 1º de maio. Para se vacinar, é necessário apresentar documento de identidade com foto e CPF e carteira de vacinação com a data da primeira aplicação. A cidade também aguarda o envio de novas doses pelo governo do Estado.  Em caso de dúvidas, a população pode entrar em contato pelos seguintes canais de comunicação: 0800 647 0156 e o WhatsApp (51) 3425-7623.

Cronograma da 2ª Dose da AstraZeneca em Canoas:

Quarta-feira (14)

  • Público: pessoas a partir de 61 anos que fizeram a 1ª dose até 17 de abril
  • Horário: das 8h às 16h
  • Locais: 27 UBSs

Sábado (17)

  • Público: pessoas a partir de 60 anos que fizeram a 1ª dose até 1º de maio
  • Horário: das 9h às 15h
  • Locais: 20 UBSs

Gravataí

Cidade vai aguardar a chegada das doses para atender esta solicitação e divulgação de norma técnica do Estado.

Cachoeirinha

Moradores de Cachoeirinha que completam o prazo de 10 semanas já podem ir aos postos para receber a aplicação, mediante a apresentação da carteira de vacinação. A prefeitura, porém, alerta que precisa da chegada de novas doses para cumprir novo prazo.

Novo Hamburgo

A cidade vacina contra a covid-19 nas unidades de saúde por agendamento. As pessoas que estão completando entre 10 e 12 semanas de intervalo da primeira dose podem fazer o agendamento nas unidades para receberem a segunda dose destes imunizantes. Os que já estão agendados, porém, devem respeitar o agendamento para melhor organização das unidades de saúde, tendo em vista que já há agendamentos marcados até o mês de agosto. Segundo a prefeitura, há doses para segunda aplicação em todas as unidades de saúde do município. E quem está tomando a primeira vacina nesta terça-feira em Novo Hamburgo já está recebendo orientação para voltar para a segunda dose daqui a 10 semanas.

Viamão

O município também adota o menor intervalo entre as doses. A partir desta quarta-feira (14), podem tomar a segunda dose da AstraZeneca os idosos de 60 anos ou mais que fizeram a primeira aplicação até 7 de maio. O imunizante está disponível em todas as 19 unidades de saúde. 

Segundo a prefeitura, nas carteiras de vacinação, seguirá a marcação de 12 semanas entre as doses, pois, de acordo com o Executivo municipal, é “uma medida relacionada à questão do variante Delta e que pode ser revista logo mais”.

São Leopoldo

A cidade, por enquanto, seguirá aplicando a segunda dose da AstraZeneca/ Oxford para quem recebeu a primeira dose até 18 de abril em três locais na cidade: centro de eventos, ginásio municipal e museu do trem das 9h às 11h30min e das 13h30min P 16h. A partir de orientação da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) pretende anunciar mudanças nos próximos dias. Quem está tomando primeira dose da vacina hoje está sendo orientado a acompanhar as redes sociais e páginas oficiais da Prefeitura de São Leopoldo onde serão anunciados os grupos de acordo com a data da primeira dose.

Guaíba

A cidade não mudou o intervalo pois ainda não dispõe de todas as vacinas e aguarda nova remessa de doses até sexta-feira (16). Uma reunião na quarta-feira (14) deve montar a estratégia para antecipação. A população que está sendo vacinada nesta terça-feira (13) já é orientada que a segunda dose será em 10 semanas. 

Você pode gostar...