CANOAS: MULTIRÃO DA SOLIDARIEDADE DISTRIBUI MAIS DE 8 MIL PEÇAS DE ROUPAS E 700 CESTAS BÁSICAS

A Secretaria da Cidadania e da Defesa Civil realizou nesta quarta-feira, 21, a segunda ação volante do Mutirão da Solidariedade. A atividade aconteceu na Rua da Barca, no bairro Harmonia, e atendeu a 400 famílias que puderam retirar uma cesta básica e escolher até 20 peças de roupas. 

Ao todo, nos dois dias de ação, na terça-feira, 20, no bairro João de Barro, e na quarta-feira, 21, no bairro Harmonia, foram distribuídas mais de 8 mil peças de roupas e 700 cestas básicas para famílias em vulnerabilidade social. Para participar do Mutirão da Solidariedade, todas as famílias precisam, necessariamente, estar cadastradas no CadÚnico.

Rosa Fátima de Moura, 44 anos, moradora da Rua da Barca, é recicladora e mora com a filha mais nova, de 5 anos, ela elogiou a ação, já que a maioria das famílias da comunidade é carente e precisa muito. “O meu filho mais velho mora com a minha irmã, não tenho condições de cuidar dele. Trabalho com reciclagem e agora acabou o auxílio, aí as coisas ficaram mais difíceis. Mas, hoje já consegui pegar toca, blusão, estava precisando. Essa ação vai ajudar muita gente. Só posso agradecer”, reiterou.

Retirada de cobertores

Para as famílias que necessitam de doação de cobertores, a Defesa Civil lembra que é necessário fazer um cadastro e retirar direto na sede, localizado na Rua Bandeirantes, 450. A retirada fica limitado a duas peças por família.

Corrente de solidariedade

A ação é resultado da corrente de solidariedade dos canoenses pelos moradores de rua que foram acolhidos no Centro Olímpico Municipal (COM), em razão do frio intenso que está fazendo desde o início do inverno. Foram arrecadadas 28 mil peças de roupas, 3 mil cobertas e 2 toneladas de alimentos, que foram suficientes para montar 139 cestas básicas e mais 1261 cestas de alimentos que foram doadas pelo Governo do Estado para as famílias vulneráveis do município. A arrecadação foi suficiente para que todas as pessoas em situação de rua pudessem ser atendidas. Agora, a ideia é ajudar as famílias vulneráveis dos bairros carentes de Canoas.

Você pode gostar...