HONDA MOTOS TERÁ SCOOTER COM PREÇO MENOR QUE UM CELULAR

Com o avanço da produção de motos elétricas, a Honda Motos acaba de anunciar que já trabalha no desenvolvimento de uma scooter que custará menos que muitos aparelhos de telefone celular. O projeto da moto foi batizado de U-BE. Saiba mais!

Scooter elétrica da Honda Motos por menos de R$ 2.500!

Menos de R$ 2.500. Isso mesmo! É o que deve custar a moto da Honda que vem por aí, de acordo com a imprensa especializada.

A scooter elétrica da Honda Motos, a U-BE,  tem preço previsto de US$ 475. Ou seja, menos de R$ 2.500. O preço é menor do que o de muitos celulares, que chegam a ultrapassar os R$ 4 mil.

No entanto, a U-Be terá lançamento exclusivo no mercado chinês, a princípio. Mas, é provável que com o passar do tempo e o sucesso do modelo da Honda, a scooter elétrica chegue a outros países. Quem sabe, até mesmo ao Brasil.

Enquanto isso, a Honda Motos já divulgou que a potência da motocicleta é de 350 watts. O potencia da nova scooter é considerada baixa. A sua velocidade não deve passar de 25 km/h. Dessa forma, a tendência é que a U-BE seja mais usada como uma bicicleta elétrica.

A carga da elétrica é única e tem autonomia de até 80 km. Embora não seja uma autonomia relevante, pela proposta da Honda Motos esta e outras características da scooter elétrica valem a pena.

Além disso, de acordo com a montadora, a scooter U-BE tem a proposta de ser uma solução de morbilidade prática para o dia a dia, além de barata.

Por exemplo, a Honda acredita que a U-BE será bastante útil para dar mais agilidade a pessoas que vivem em grandes centros urbanos, que enfrentam condições de trânsito que causam transtornos.

No Brasil, conforme citado, não há previsão de lançamento da moto. Porém, se a U-BE se enquadrar na categoria de bicicletas elétricas, a CNH pode ser dispensada. Além disso, poderá até transitar por ciclovias. Mas, realmente, isto é um assunto para quando a U-BE desembarcar por aqui.

Motos elétricas

Vale destacar que as motos elétricas, realmente, são tendências. Isso devido a algumas vantagens a serem consideradas.

Por exemplo, de acordo com o Portal Energia, as motos elétricas, obviamente, não emitem poluentes. Além disso, elas são bastante silenciosas, que o contribui para reduzir a poluição sonora e faz com que o condutor preste mais atenção no trânsito.

As motocicletas elétricas também requerem menos manutenção. Não necessita, ainda, de trocar de óleo, os filtros, a velas de ignição e outros equipamentos.

Elas são mais econômicas, já que não apresentam o gasto com combustível – que, aliás, estão cada vez mais caro. Você precisará somente do carregador da bateria, que, em geral, já vem junto com a motocicleta elétrica. Por fim, o imposto sobre este veículo é mais barato do que o aplicado a motos convencionais.

Você pode gostar...