Inaugurada segunda fase da ampliação da EMEF Tancredo Neves * Canoas

A segunda fase da ampliação da Escola de Ensino Fundamental Tancredo Neves foi inaugurada na tarde desta segunda-feira (18). Situada, há 30 anos, no bairro Estância Velha, a escola foi totalmente reconstruída. As antigas salas, feita de madeira, foram substituídas por alvenaria e a instituição ganhou laboratórios. Após sete anos de obras, o prefeito de Canoas, Luiz Carlos Busato entregou, em solenidade, a obra à comunidade. Foram construídas quatro novas salas de aula, sala temática para o ensino de artes, laboratórios de informática e ciências, quatro banheiros para alunos, sala dos professores com copa e dois sanitários, almoxarifado, escada de acesso, sala administrativa, secretaria e paisagismo na área externa. Nesta fase, o valor do investimento foi de R$ 3, 7 milhões.

A obra era um anseio antigo da comunidade que, há mais de uma década, vem se mobilizando para que a escola fosse reformada. O prefeito Luiz Carlos Busato lembrou do histórico de luta e cooperação de alunos, pais e professores nas tratativas de realizar a ampliação. “Sabemos da batalha que a comunidade travou para conquistar este novo prédio. Hoje, me sinto emocionado por estar aqui. É o momento de parabenizar a todos que sonharam e, agora, realizam”, destacou. A diretora da escola Tancredo Neves, Maritza Fagundes Medina, também frisou a importância da soma de esforços para que a ampliação saísse do papel. “Este foi um sonho de muito tempo. A escola deve ser um lugar onde nos sentimos em casa e felizes. E aqui nos sentimos, realmente, assim. Obrigada, prefeito, por entregar esta obra maravilhosa.”, disse Maritz.

A entrega das chaves das novas estruturas foi comemorada por pais, alunos e professores. “A escola está linda, incrível. Vai melhorar muito a vida dos estudantes.”, frisou Mara Wierzbicki, enquanto acompanhava o filho, estudante do 4º ano. Já Rita Leite, que tem três filhos na instituição, destacou, assim como o prefeito, a influência da união para que a obra saísse do papel. “O prédio novo ficou excelente. Foi uma vitória de todos nós. Demorou, mas agora ela está aqui. Lindo.”, disse Rita.

Motivação para estudantes

As novas estruturas da escola, como laboratórios e salas temáticas, darão nova dinâmica ao dia a dia dos estudantes e professores. Com equipamentos mais modernos e a possibilidade de utilizar diferentes dispositivos na hora de ensinar, os alunos se sentirão mais motivados, é o que aposta a diretora Maritza. “Os alunos estão ansiosos e animados para este novo mundo de descobertas que a ampliação da escola vai propiciar. Todas estas novidades serão fatores motivacionais para que eles estudem mais. Os professores também se sentirão mais motivados.”, comemora a diretora. O prefeito também lembrou da diferença que a escolas bem estruturadas proporcionam aos estudantes. “Valorizem a nova escola. Isso é um diferencial para o futuro profissional de todos os alunos que por aqui passarem.”, lembrou Busato.

Enquanto percorriam os novos corredores da instituição de ensino e conheciam as novas salas, os alunos comemoravam e se deslumbravam com a nova realidade. Para Diego, aluno do 6º ano, a Laboratório de Ciências é a sala mais interessante. “Gosto muito de biologia. Agora vou ter uma sala inteirinha para aproveitar e aprender mais. Isso tudo é muito legal.”, diverte-se o aluno.

Foco na Educação

O secretário Municipal da Educação, professor José de Jesus D’Ávila, lembrou dos esforços que o Executivo Municipal vem fazendo para melhorar a estrutura das escolas. O titular da pasta destacou as ações que estão sendo realizadas em Canoas, desde janeiro, que buscam sanar problemas históricos enfrentados por professores e estudantes. “Sempre penso em que tipo de alunos queremos e também em que tipo de escolas nós queremos. Num universo de 33 mil alunos e 1,5 mil professores, estamos fazemos esforços diários para melhorar o ensino. Por isso, já estamos implementando os programas Prefeitura Mais Perto e Canoas Mãos à Obra”, lembrou D’Ávila.

O primeiro programa já visitou duas escolas, nos bairros Mathias Velho e Guajuviras, e investiu até R$ 170 mil em reformas, em cada uma. Já o projeto Canoas Mãos à Obra, que tem como objetivo melhorar condições pedagógicas na rede de ensino, faz intervenções físicas com base em projetos arquitetônicos elaborados pelo Escritório de Engenharia e Arquitetura (EEA) de Canoas. O prefeito Busato lembrou do seu histórico de conquistas na área da educação ao citar as 186 escolas que viabilizou junto à União no período em que era deputado. “Nós temos o olhar voltado para a qualidade da educação, mas nunca podemos esquecer das condições físicas das escolas. Este tem sido um dos focos dos primeiros noves meses da nossa gestão”, salientou Busato. Estiveram presentes na solenidade o presidente do Legislativo municipal, Juares Carlos Hoy e os vereadores Gilson Oliveira, Eric Douglas, Márcio Freitas, José Carlos Claudino, o Canhoto, e Maria Eunice Dias Wolf.

Você pode gostar...