LEILÃO DE IMÓVEIS É CONFIÁVEL? SAIBA SE VALE A PENA DAR O SEU LANCE

O leilão de imóveis está cada vez mais popular, já que essa é uma forma de conseguir a casa própria tendo como a principal vantagem o preço acessível.  Apesar disso, para comprar um imóvel em leilão e não ter dor de cabeça é necessário prestar atenção em todos os detalhes, e requisitos para a realização da compra.

Como participar de leilão? Qualquer pessoa física ou jurídica pode participar de um leilão, mas deve ser maior de idade e tenha livre administração de seus bens. 

Como funciona um leilão de imóveis? Há dois leilões principais, o judicial e o extrajudicial:

O leilão judicial acontece sempre que o produto está envolvido em um processo judicial. Independente da esfera que tiver, seja municipal, estadual ou federal e todas são em primeira instância. O dinheiro arrecadado é usado para quitar a dívida que o proprietário tenha.

O leilão extrajudicial não tem relação com a Justiça, sendo assim, ocorre com a autorização do dono do bem ou por um terceiro pautado em lei.

Com isso, o  banco leiloa um imóvel, pois um cliente não honra as dívidas do financiamento e se torna inadimplente. Assim como os leilões da Receita Federal, em que são oferecidos lotes de produtos apreendidos, frutos da fiscalização do órgão em alfândegas.

Cuidado!

Leia o edital: O edital é o documento principal do leilão, lá estão todas as condições de venda, data, horário, preços e informações gerais sobre o bem que está sendo leiloado.

Fazer uma visita ao imóvel: Os imóveis dos leilões são em sua maioria seminovo ou usado.  A principal dica é sempre vá visitar o que deseja comprar, caso seja imóvel confira se a rua tem feira, a região, condições do imóvel.

Pesquise os preços: Não deixe de pesquisar no mercado e definir o valor máximo que está disposto a pagar para adquirir um imóvel. Isso vai ajudar a não fazer dívidas maiores do que pode pagar.

Quem participa? Participam do processo o comitente vendedor, ou seja, quem está vendendo o bem, arrematante aquele quem vai adquirir o bem e o leiloeiro, que faz o intermediário da negociação.

Você pode gostar...