Minha Mãe É Uma Peça 3 tem alta bilheteria e grande público

Em cartaz nos cinemas de todo o Brasil, o filme Minha Mãe É Uma Peça 3, a nova parte da história de Dona Hermínia e seus filhos, está agradando o público e também seus realizadores. Em sua segunda semana em cartaz, o filme já registrou uma alta bilheteria e também um grande número de espectadores. As informações foram publicadas pelo G1, que atualizou os dados recentemente.

De acordo com o site de notícias, já foram, até o momento, mais de 4 milhões de espectadores que compareceram nas salas de cinema nacionais para assistir à produção. Além disso, o filme já arrecadou R$ 70 milhões desde sua estreia, que aconteceu no último dia 26 de dezembro. Entretanto, o filme anterior da história ainda é o recordista, tendo levado aos cinemas um público de 10 milhões de pagantes.

Em entrevista ao G1, Paulo Gustavo falou sobre a força do humor, gênero que carrega o filme: “Eu acho que o humor é o melhor gênero pra falar e criticar ou quebrar tabus. Eu tenho o melhor gênero na mão para fazer isso. Para falar de assuntos delicados… Eu sou muito crítico comigo mesmo. Então, às vezes, eu escrevo uma coisa e passa um tempo. É que nem massa de bolo. Aí eu passo cinco dias, releio, e falo: ‘Ah, não, não vou falar isso não, não tem nada a ver falar isso’”.

Com isso, ele destacou que, para conseguir esse humor, há muito trabalho no texto: “O meu texto é trabalhado exaustivamente. Não é uma coisa que eu chego ali e falo qualquer coisa. As pessoas muitas vezes falam: ‘Ah, o Paulo Gustavo improvisa muito’. Eu tenho horror de improvisar. Horror. Claro que eu solto um ‘caco’ ou outro ali e também é uma certa maneira de improvisar. Mas depois que eu solto o ‘caco’ e eu gosto, eu mantenho ele fixo. Então, tudo meu é muito pensadinho”.

VEJA A PROGRAMAÇÃO NO UCI CINEMAS

Você pode gostar...