Prefeito recebe secretário de Obras, Saneamento e Habitação do Estado * Canoas

O prefeito Luiz Carlos Busato recebeu, nessa segunda-feira (24), o secretário de Obras, Saneamento e Habitação do Estado, Fabiano Pereira. A proposta de implantação de uma Parceria Público-Privada (PPP) na gestão do saneamento na região metropolitana foi pauta do encontro. A intenção da Corsan é ampliar de 17,8% para 87,3% a cobertura com coleta e tratamento de esgoto em Canoas em um prazo de 11 anos.

O projeto prevê concessão de 35 anos e inventimento de R$ 1,85 bilhão na rede de saneamento, contemplando também outros oito municípios: Alvorada, Viamão, Cachoeirinha, Gravataí, Esteio, Sapucaia do Sul, Guaíba e Eldorado do Sul. O secretário Fabiano Pereira está visitando as prefeituras dos municípios incluídos no projeto. “O benefício da PPP é muito grande, é um negócio que se sustenta e que é controlado por meio de auditoria externa e também do governo. Nesse negócio, a conta é da Corsan, mas quem investe é o privado”, defendeu.

O prefeito Luiz Carlos Busato destacou que a proposta passa por análise da equipe técnica da Secretaria Municipal de Obras (SMO) e cobrou mais investimentos na área de saneamento e abastecimento de água em Canoas. “O projeto da PPP é interessante, desde que o município receba o que merece. Não precisa ser 100% do que arrecada, mas tem que investir em Canoas, que é uma das maiores cidades atendidas pela Corsan. Qual é a grande obra recente da Corsan em Canoas?”, questionou. Participaram da reunião também o secretário Municipal de Obras, Adalberto Schen, o adjunto Robson Borges e o ex-presidente da Metroplan, Oscar Escher.

Você pode gostar...