Sancionada lei que possibilita Parceria Público-Privada da Corsan em Canoas

Foi assinada na manhã desta terça-feira (9) pelo prefeito de Canoas, Luiz Carlos Busato, a sanção da Lei nº 6268/2019, que modifica a Lei 5212/2007, e autoriza o município a participar do projeto da Corsan para serviços de Parceria Público-Privada na área de saneamento. Na prática, a lei possibilita a chamada PPP do Saneamento em Canoas. A assinatura ocorreu em um ato no Paço Municipal, com a presença de vereadores e autoridades municipais.

A Parceria Público-Privada envolve nove municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre. A Corsan, empresa concessionária que opera os serviços de água e esgoto em Canoas, apresentou aos municípios o projeto de ampliação da cobertura do tratamento de esgoto. A ideia é praticamente universalizar o serviço em 10 anos, por meio de obras e investimentos realizados por um parceiro privado, vencedor de uma licitação.

Você pode gostar...