Semana Farroupilha recebeu mais de 120 mil pessoas * Canoas

Foram 12 dias de intensas atividades na Semana Farroupilha de Canoas. Mais de 120 mil pessoas marcaram presença no Parque Eduardo Gomes e demonstraram a força da tradição na cidade. Shows, apresentações artísticas, campeonatos de tiro de laço, gineteadas e, claro, muito churrasco fizeram a alegria de peões e prendas de Canoas e de diversas cidades da região.
O pontapé inicial foi no dia 9, quando a cidade recebeu aproximadamente 600 cavalarianos, que carregavam a Chama Crioula que ficou guarnecida no parque Eduardo Gomes. O candeeiro, que simboliza a história do gaúcho e homenageia os feitos da Revolução Farroupilha, foi apagado somente à meia-noite do dia 20 de setembro – data magna no Rio Grande do Sul. Entre a chegada da chama e o momento em que ela foi apagada, o parque recebeu uma gama variada de eventos culturais que movimentou pessoas de todas as idades.

O palco abrigou shows de grandes nomes da música tradicionalista gaúcha, como: Os Fagundes, Luiz Carlos Borges, César Oliveira e Rogério Melo, Tchê Guri, Eco do Minuano e Bonitinho, Tchê Barbaridade, Luiz Marenco e Dante Ramon Ledesma, que mora em Canoas há 40 anos. Na segunda-feira (11), câmeras de televisão e cinegrafistas movimentaram o parque. Às 20h, os apresentadores Neto Fagundes e Shana Müller saudavam os gaúchos de todos as querências. Era a gravação do programa Galpão Crioulo, da RBS TV, que agitava as mais de 15 mil pessoas presentes naquela noite. Os gaúchos também acompanharam os destaques da Semana Farroupilha através das lentes da Record e do SBT, com a transmissão ao vivo de Canoas dos programas Balanço Geral e SBT Rio Grande 2ª edição, respectivamente. No dia 12, as risadas foram garantidas pelo Guri de Uruguaiana, interpretado pelo humorista Jair Kobe. Nos piquetes, a música também não parou, foram mais de 100 apresentações ao longo do evento.

Durante os 12 dias também foi possível aprender uma porção de coisas relacionadas às tradições gauchescas: teve oficina de chimarrão, de chula, de estilingue, de indumentária, de dança, de lendas e crendices, de como emalar o poncho e de vaca parada. Os pequenos também tiveram espaço na agenda, com passeios de carroça e cavalo, contação de histórias e espetáculo de teatro. As escolas agendaram horários e levaram seus pequenos para ter contato com a tradição. O parque Eduardo Gomes recebeu mais sete mil alunos canoenses.

A realização do 14º Rodeio Internacional Cidade de Canoas atraiu espectadores de várias partes do estado e até de fora dele. No último dia do evento, o Desfile Farroupilha contou com a participação de 500 cavalarianos que percorreram as ruas da cidade. O secretário da Cultura e do Turismo, Mauri Grando, se mostrou empolgado com a realização da Semana Farroupilha. “Tivemos um público que superou nossas expectativas. A agenda contemplou diversos públicos. Nossos shows, priorizam artistas canoenses e também grandes nomes da cena cultural.”, destacou.

Soma de esforços

Para realizar um evento com a magnitude da Semana Farroupilha de Canoas, a Secretaria de Secretaria da Cultura e do Turismo de Canoas contou com o apoio de toda a estrutura de gestão da cidade. O envolvimento da Secretaria da Segurança Pública e Cidadania assegurou a tranquilidade dos frequentadores, através da atuação da Guarda Municipal. A Brigada Militar, o Corpo de Bombeiros e Polícia Civil também estiveram presentes nos 12 dias de evento. Já a Saúde, garantiu a segurança alimentar, através das ações de vigilância sanitária. O Desenvolvimento Econômico auxiliou comerciantes que aturaram ao longo dos 12 dias. A Secretaria do Meio Ambiente proporcionou uma remodelação na ala onde ficaram os piquetes. A Diretoria de Eventos organizou as cerimônias e festividades que ocorreram no parque. E a Secretaria de Comunicação relatou aos canoenses e à imprensa as atividades que aconteciam no parque.

Parque limpo no fim da festa

Ainda durante a quarta-feira, as equipes da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSU) iniciaram a limpeza do Parque Eduardo Gomes, deixando os espaços utilizados para a celebração da Semana Farroupilha em perfeito estado para o uso da população. Duas equipes de 12 servidores, com o apoio de um caminhão e uma retroescavadeira, concluíram o rescaldo na tarde deste quinta-feira. A limpeza pode ser realizada com mais agilidade devido ao serviço permanente da SMSU durante os 12 dias de movimentação intensa no parque.

Novidades

O número recorde de público da Semana Farroupilha se deu, também, pela presença daquelas pessoas que, normalmente, não frequentam eventos tradicionalistas. Novas estruturas de alimentação e comércio e presença do parque de diversões atraíram visitantes diferentes ao evento. Ao disponibilizar uma agenda que contemplou diversos públicos, com alimentação alternativa, lojas de artesanato, o evento se tornou também uma atração turística para a cidade de Canoas.E as festividades do orgulho gaúcho não param. A cidade respira o tradicionalismo ao longo de todo ano, promovendo atividades artísticas e campeiras.

Você pode gostar...