”The Economist”: Chinês XI Jinping é o líder mais poderoso do mundo

A revista The Economist dessa semana traz Xi Jinping na capa, como o homem mais poderoso do mundo. A publicação aponta o líder chinês como o maior influente, passando Donald Trump, e alertando que o mundo precisa ser cauteloso com ele. A publicação comenta o hábito dos presidentes americanos em descrever os líderes chineses com admiração. Richard Nixon disse a Mao Zedong que seus escritos “mudaram o mundo”. Jimmy Cartes atribuiu adjetivos lisonjeiros como “inteligente, duro, franco, corajoso, agradável, seguro de si e amigável” para Deng Xiaoping. Bill Clinton descreve Jiang Zemin como “visionário” e “um homem de extraordinário intelecto”.

O atual presidente, Donald Trump não fugiu da regra. O Washington Post cita uma fala do norte-americano dizendo que o atual líder da China, Xi Jinping, é “provavelmente o mais poderoso” que o país já teve em séculos. A revista concordo e acredita que a fala poderia ser complementada com a afirmação de que “Xi Jinping é o líder mais poderoso do mundo”. Nessa edição o Brasil é tema de uma matéria sobre o financiamento das campanhas para as próximas eleições no país. O Congresso começa a lidar com as causas da corrupção.

Você pode gostar...